Dicas que vão te ajudar a definir uma estratégia de publicidade em video para o Facebook

Você e a sua marca não podem ignorar o formato da vez e o tipo de conteúdo mais consumido no momento entre os mais de 1.5 bilhões de usuários da plataforma. Quando o vídeo faz parte da estratégia de comunicação, as possibilidades de sucesso aumentam em questão de segundos.

Anúncios

publi_video

Destacar-se na maior rede social do mundo não é fácil, mas não é impossível; principalmente quando há recursos para investir, ainda que sejam enxutos e você possa dedicar algo para se promover.

Você e a sua marca não podem ignorar o formato da vez e o tipo de conteúdo mais consumido no momento entre os mais de 1.5 bilhões de usuários da plataforma. Quando o vídeo faz parte da estratégia de comunicação, as possibilidades de sucesso aumentam em questão de segundos.

E isso não é só pelo fato de que o Facebook ser a segunda página web mais visitada no mundo, só perdendo para o Google, ou porque todos os dias te conecta com mais de 900 milhões de usuários ativos que passam muito tempo na plataforma, ou porque te dá a opção de segmentar a sua audiência da forma como você prefira para que seu anúncio seja visto somente pelo seu público alvo.

Não se pode ignorar o fato de publicidade em video no Facebook ter uma grande capacidade de viralização já que os anúncios em vídeo aumentam o engagement.

Sem falar que a rede social permite flexibilidade e personalização e garante o aumento de tráfego para a sua página por investimentos acessíveis e dá a opção de medir o desempenho automaticamente.

Depois de tantos argumentos, acreditamos que você tem que fazer anúncios em vídeo porque o seu público está no Facebook e porque não vai encontrar um melhor momento do que este para se aproximar de forma rápida, eficaz e com custos para todos os investimentos.

O formato é muito importante quando você decide publicar anúncios de vídeo e pretende que eles possam que converter e garantir resultados.

  • O Facebook tem mais de 1.5 bilhão de usuários, dos quais 900 milhões são ativos diariamente, o que significa que o seu público está nele.
  • A Publicidade no Facebook não discrimina pequenas e grandes empresas, tem preços para todos os bolsos para que qualquer pessoa possa criar seus anúncios.
  • Vídeo de marketing é o presente e o futuro, de fato, 9 de cada 10 internautas assistem a vídeos das marcas que eles gostam.
  • Diariamente, 100 milhões de horas de vídeo são reproduzidas no Facebook, o que mostra que o vídeo está se tornando o conteúdo preferido dos usuários.
  • O Facebook é um negócio e, por isso, estão sempre de olho em formas de ter benefícios. Por isso, infelizmente, você nunca vai ser capaz de conseguir tanta visibilidade com suas publicações orgânicas como com seus anúncios na plataforma (salvo raríssimas exceções).

Pontos importantes para criar publicidade em vídeo para o Facebook:

1. Defina seus objetivos com base no público alvo

2. Escolha o tipo de vídeo que você vai fazer

A primeira coisa que você precisa saber é que você pode fazer publicidade em vídeo no Facebook de duas formas:

  • Criar um anúncio de vídeo na plataforma;
  • Por outro lado, você pode promover um vídeo publicado que já tenha postado no seu site (geralmente, essa opção, consegue mais interação e, normalmente, tem mais benefícios).
  • Depois, você deve decidir se você vai apresentar a sua marca, se agregar valor e criar um tutorial ou se vai compartilhar informações sobre um produto, se você vai fazer uma animação ou se vai optar por vídeo depoimentosou trata-se de um vídeo rápido convidando baixar um conteúdo ou se vai anunciar seu próximo evento, por exemplo.

·       3. Agregue Valor

  • Você só tem 3 segundos para convencer seus usuários de que eles precisam assistir o seu vídeo, então você precisa atrair a atenção do seu público desde o começo. E dá para fazer isso agregando valor e envolvendo o seu público-alvo desde o início.
  • Garanta que a seu vídeo publicidade no Facebook é criativo, compreensível, claro e concisosobre o que você quer que a sua audiência faça.
  • Também dá para compartilhar algumas aplicações dosseus produtos ou dar conselho especial; isso fará que seus potenciais clientes se sintam especiais por ter acesso à informação privilegiada.

4. Foque em qualidade

Você pode ter o melhor vídeo do mundo, mas se você negligenciar a qualidade, não vai servir de nada.

Então, antes de qualquer outra coisa, as condições do lugar de gravação do vídeo, a luz certa, a qualidade das imagens e o cenário perfeito vão sim fazer toda a diferença. Não se esqueça de que isso é um anúncio, e tudo deve ser impecável!

5. Crie uma conexão pessoal

Normalmente, nós adquirimos emoções, e não produtos.  As pessoas não curtem interagir com empresas impessoais que respondem tudo automaticamente, nós gostamos de interagir com as pessoas!

Portanto, não aja como uma empresa impessoalmostre que seu negócio é humano e crie conexões com as pessoas.

6. Cuide do titular e a miniatura

A primeira coisa que o público vai ver quando o seu anúncio aparecer no feed de notícias é a imagem e o título. Portanto, você deve tomar muito cuidado com estes dois elementos.

Se o título for atraente, você tem muito mais chances de que o usuário fique para ver o que você tem a dizer. E se você despertar seu interesse com uma imagem em miniatura que chame a atenção, melhor ainda.

7.Não esqueça das legendas

Usar legendas na sua publicidade de vídeo no Facebook pode lhe ajudar a conseguir melhores resultados, porque algumas pessoas que veem os seus vídeos não podem ligar o áudio e graças às legendas, podem continuar assistindo, sem problemas.

Isso também pode lhe ajudar a atingir mais pessoas, porque se o seu vídeo estiver em Inglês, mas mostrar legendas em português, vai conseguir um maior número de visualizações.

Além de tudo, é importante analisar e experimentar porque é assim que você aprende a melhorar as suas estratégias de marketing online.

Quer fazer a melhor publicidade de vídeo para a sua marca? Conheça os nossos projetos

WT1 utiliza novos mochilinks com encoder H265

Neste sábado a WT1 iniciou em parceria com a Isto É, a primeira cobertura ao vivo da editora utilizando codificadores de última geração para transmissão celular, os famosos mochilinks.

Esses equipamentos suportam taxas de até 30 Mbps, utilizando o Codec H 265 e incluem outra série de características profissionais como adaptive streaming e closed-captioning tanto para HDMI quanto para SDI

A cobertura especial dos blocos durante o Carnaval, terá programas ao vivo no estúdio IstoÉ, com entradas direto dos blocos e tudo será transmitido usando apenas os novos mochilinks.

A tecnologia dos equipamentos permite realizar lives de qualquer lugar, garantido liberdade da cobertura jornalística  sem depender de energia elétrica ou links de satélite com alto custo e mantendo a qualidade profissional.

“Do ponto de vista jornalístico, essa tecnologia permite que sejamos originais na forma de contar as histórias. Para os criadores de conteúdo é também uma oportunidade de estabelecer uma relação direta e pessoal com o público. Para nós da Isto É, tem sido uma experiência libertadora. A mobilidade dessa tecnologia abriu as possibilidades e estamos aproveitando isso”, declarou Hélio Gomes, Editor da Editora 3.

Mais uma vez, o objetivo da WT1 é entregar a melhor transmissão com custos acessíveis e alta tecnologia. Quem quiser acompanhar tudo o que está rolando nesse projeto, basta acessar a página da Isto É, no Facebook, clicando aqui

#istoé #istoéaovivo #istoénobloco

Lives tem 6 vezes mais interações que vídeos no Facebook

Mais uma mudança foi anunciada no algoritimo do Facebook. A partir dos próximos meses a rede social irá mostrar com mais relevância posts de amigos e familiares ao invés de colocar marcas em primeiro plano no news feed dos usuários.

Mas o que de fato vai mudar?

Hoje, a relevância de um post é medida por quantas curtidas, compartilhamentos e interações ela consegue atingir. E é isso que vai determinar quão alto esse conteúdo vai subir no feed.

A alteração proposta pelo Facebook vai também proporcionar alcance a posts que provocam conversas e interações significativas entre pessoas. Para conseguir esse resultado o Facebook irá prever quais postagens cada usuário gostaria de ver dos seus amigos e garantir que elas fiquem no topo do feed. A rede percebeu o quão valioso são aquelas postagens mais pessoais com dicas de amigos, conselhos, troca de comentários.

A rede também dará prioridade as postagens de amigos e familiares em conteúdo público. Como o espaço do feed é limitado, assumir que vão dar mais valor a conteúdos que gerem interação entre os grupos de amigos e familiares, significa que os vídeos públicos, de marcas e empresas terão cada vez menos espaço.

Essa dinâmica vai impactar aquelas publicações com poucas interações e que geram poucas discussões. Mas isso não vai impedir os usuários de verem suas páginas favoritas no topo do feed. Basta configurar em preferências.

Mas e os vídeos? 

Os vídeos ao vivo muitas vezes levam os usuários a discussões e interações. O Facebook anunciou recentemente que, os vídeos ao vivo em média, recebem 6 vezes mais interações que os vídeos normais. 

“Muitos criadores de conteúdo pedem interações em suas lives como é o caso da maior parte de vídeos de celebridades”, afirma Adam Mosseri, Head of News Feed do Facebook. “Em grupos, as pessoas muitas vezes interagem em torno do conteúdo público. As empresas locais se conectam às suas comunidades publicando atualizações relevantes e criando eventos. E as notícias podem ajudar a iniciar conversas sobre questões importantes”, finaliza Adam.

O uso de “engagement-bait”, a isca de engajamento para ajudar as pessoas a comentar em postagens não é uma interação significativa, e a rede social continuará a rebaixar essas postagens no news feed.

Quer produzir um conteúdo de vídeo relevante para as redes sociais? Criar lives divertidas e realmente impactantes? Fale com o time da Wt1!

 

 

 

 

Estenotipia: Inclusão e Audiência

A melhor parte de trabalhar com projetos comprometidos e engajados com qualidade é somar possibilidades e tecnologias para comunicar cada vez melhor e para o maior número de pessoas possíveis.

O projeto de transmissão para Netflix na Comic Con 2017, do bate papo com Nick Kroll, criador da série Big Mouth, permitiu integrar a tecnologia da Estenotipia à live. E os resultados foram realmente incríveis.

A Estenotipia é a tecnologia mais eficiente no mundo para legendagem ao vivo. Um trabalho executado por uma equipe capacitada não apenas para operar a máquina de estenotipia e transcrever de maneira fiel e ágil, como também capaz de dominar cada tema abordado, entregando um conteúdo contextualizado e de extrema qualidade.

A estenotipia garante acessibilidade do conteúdo para pessoas com necessidades especiais, mas não só. Ela também garante que o conteúdo de vídeo ao vivo possa ser consumido sem som, comportamento comum entre os usuários de internet. Pesquisas indicam que 85% dos usuários de redes sociais consomem vídeos sem som. 

Um número bastante expressivo quando se leva em consideração que o Facebook registra diariamente mais de 8 bilhões de reproduções de conteúdos de vídeos.

O modelo de reprodução automática que necessita de habilitação de som pelo usuário e o grande número de acessos a partir de plataformas mobile também reforçam a tendência de consumo do vídeo legendado, afinal, não é todo mundo que se sente confortável de compartilhar o áudio em locais públicos, escritórios ou transportes coletivos, por exemplo.

Toda tecnologia que garanta inclusão social e digital e some a isso maior interação e interesse pelo conteúdo, irá naturalmente garantir maior audiência e relevância para o projeto. 

#FoiÉpico #ComicCon2017 #Netflix #inclusão #audiência

 

Primeiro Comercial ao Vivo da Fanta desafia o conteúdo ao vivo

Com Mutato e WT1, marca desenvolve seu primeiro comercial live e amplia aposta no formato

Os conteúdos de marcas ao vivo mostram cada vez mais sua força.No projeto que a Fanta que realizou, seu primeiro comercial live trouxe resultados super positivos para a marca e reforçou a potência do formato.

A aposta de que o formato ao vivo poderia ser a extensão de sua campanha “Donos da **** Toda” foi um tiro certo. A live durou 43 minutos e permitiu que as pessoas escolhessem cenário, música e elementos de figurino. O conteúdo foi produzido com os influenciadores Poladoful, Pathy dos Reis e Lucas do Inutilismo.

Foi o 3º maior live em alcance de pessoas dentro do público-alvo da marca e o 3º maior em visualizações, segundo a própria empresa. O live já contabiliza 180 mil visualizações e a versão 2 do comercial feito ao vivo contabiliza 405 mil views.

“Trabalhar em projetos inovadores como o da Fanta está no DNA da
WT1. Gostamos de desafios e a sinergia entre equipes neste projeto foi
fundamental para o sucesso. Participar de uma transmissão com formato
pensado na interação com os usuários foi muito legal.”, IMG_2838

Os bastidores da live de Fanta com profissionais de Coca-Cola, Mutato e WT1

Dentre os principais resultados para a marca, segundo Adriana Knackfuss, VP de transformação digital da Coca-Cola Brasil, destaca um pico de acesso no hub da promoção, que é uma das métricas da campanha. “Além disso, esse foi o terceiro maior live da companhia em reach e video views, fortalecendo a percepção de inovação para Fanta. Sem contar que deixar o live nas mãos do adolescente é uma forma de fazer cocriação real time entre marca e consumidor”, reforça Adriana.